IMPRENSA | Articulações Políticas |

CDL de Florianópolis participa da cerimônia suíça para celebrar a construção do novo terminal

Solenidade contou com uma cápsula do tempo contendo itens simbólicos que marcam a conclusão da primeira fase da obra

A CDL de Florianópolis prestigiou na manhã desta terça-feira (26) a solenidade Aufrichtefest, uma comemoração tradicional realizada na Suíça quando uma obra entra na fase de verticalização. Promovido pela Floripa Airport, o evento contou com a presença de autoridades, entidades empresariais e jornalistas para comemorar a finalização da primeira fase das obras do novo terminal de passageiros do Aeroporto Internacional de Florianópolis.

Há poucos dias, iniciaram as obras da segunda etapa com o início da elevação do prédio do novo terminal. De acordo com o CEO da Floripa Airport, Tobias Markert, nesta nova fase as estruturas metálicas somam cerca de 3,7 mil toneladas que serão encaixadas como um “jogo lego gigante”, que dará o formato do novo terminal com 49 mil metros quadrados de área.

Durante o encontro, uma cápsula do tempo foi enterrada na obra do novo terminal com itens simbólicos como: exemplares da edição datada hoje dos jornais Diário Catarinense e Notícias do Dia, tabela dos jogos da copa do mundo, dinheiro suíço e brasileiro, fotos da cerimônia, aparelho celular, pendrive com imagens do terminal e cópia do estatuto do Aeroporto. A cápsula será aberta em 31 de agosto de 2047, quando se encerra a concessão do aeroporto com o grupo Zurich Airport.

Na sequência, Markert e o prefeito Gean Loureiro (MDB) selaram o evento com a colocação de um pinheirinho no telhado do Visitor Center – um showroom com materiais e cores do novo terminal, também inaugurado durante a solenidade. A fixação da muda é o ato símbolo da Aufrichtefest, uma tradição de 500 anos na Suíça.

Para o presidente da CDL de Florianópolis, Lidomar Bison, o novo terminal de passageiros vai beneficiar a sociedade, além de contribuir com o crescimento exponencial da Cidade e do Estado.

“Com o Aeroporto Internacional concluído a cidade deve receber mais visitantes e se fortalecer como destino de passeios para outros turistas, contribuindo com o crescimento no turismo, lazer e serviços, além de proporcionar o desenvolvimento urbanístico para Florianópolis”, pontua Bison.

Fotos: Cristiano Andjar Clique aqui para abrir a galeria

Voltar